sábado, 2 de maio de 2009

A canção voltou a tocar, tímida.
Surgira, dentro dela, melodias
Doces, entretanto, ainda, pálidas.
Tentou juntar forças e reeguer-se.

A canção volta a tocar, apaixonante.
Sai dela melodias arrebatadoras,
Ternas, porém misteriosas e envolventes.
Junta mais valores e
Chega perto do topo.

A canção voltará a tocar, amorosamente.
Dela explodirá a timidez, a doçura e a ternicidade.
Junto com tudo isso,
A canção alcançará o cume da felicidade.

3 comentários:

Freak disse...

adorei!

Juliana disse...

De fato sempre voltam a tocar ainda que demorem

Paula disse...

lindo!!